<
>

Documentário sobre Isabella Nardoni na Netflix levanta grande dúvida sobre o caso


Já disponível no catálogo brasileiro da netflix, o documentário Isabella: Caso Nardoni tem feito o maior sucesso na plataforma. A produção também causa muitos debates nas redes sociais, levantando uma importante dúvida sobre o crime. Afinal de contas: qual foi o papel de Anna Carolina Jatobá no assassinato da garota?

“Uma menina de 5 anos é atirada pela janela do apartamento do pai. A mãe embarca em uma missão em busca de justiça, e o Brasil todo acompanha o caso”, diz a sinopse de Isabella: O Caso Nardoni na netflix.

O documentário que já aparece entre os filmes mais assistidos do Top 10 do streaming, tem direção de Claudio Manoel e Micael Langer.

Abaixo, você pode conferir tudo que o documentário da netflix revela sobre o envolvimento de Anna Carolina Jatobá no assassinado de Isabella Nardoni; confira!

Anna Carolina Jabotá e Alexandre Nardoni.

Qual foi o envolvimento da madrasta na morte de Isabella Nardoni?

O assassinato de Isabella Nardoni, ocorrido em março de 2008, deixou o Brasil extremamente abalado. Com apenas 5 anos, a menina morreu após ser atirada da janela do 6º andar de um prédio da Vila Guilherme, na zona norte de São Paulo.

DEBES LEER:   One Embarrassing Smallville Moment Changed Tom Welling Forever

A polícia não demorou a determinar como homicídio a morte da garota. Dois anos depois, em 2010, Alexandre Nardoni, o pai de Isabella; e Anna Carolina Jatobá, a madrasta da menina, foram condenados pelo assassinato.

Alexandre Nardoni foi condenado a 31 anos e um mês de prisão pelo crime. Anna Carolina, por sua vez, foi sentenciada a uma pena de 26 anos e oito meses.

Isabella: O Caso Nardoni, o documentário sobre o crime na netflix, levanta um debate muito interessante sobre o envolvimento da madrasta no crime: afinal de contas, Anna Carolina teve tanta culpa quanto Alexandre na morte da garota?

A resposta pode ser mais complexa do que parece! De acordo com a criminóloga Ilana Casoy, por exemplo, Anna Carolina Jatobá era a “dominante da relação”.

Por outro lado, ainda segundo a especialista, a madrasta de Isabella também poderia estar sofrendo abusos, particularmente psicológicos, nas mãos do marido. Além disso, na época do crime, Jatobá passava por depressão pós-parto. No documentário da netflix, a avó materna de Isabella salienta esse fato.

DEBES LEER:   A Hora do Vampiro: Stephen King não sabe por que novo filme não foi lançado

O envolvimento de Anna Carolina Jatobá no assassinato de Isabella permanece envolto em mistério. De acordo com o médico legista Paulo Tieppo, a perícia médica do caso indica que a madrasta teria agredido a garota, e até mesmo a asfixiado, antes dela ser atirada pela janela.

No entanto, a mesma perícia não conseguiu confirmar, sem sombra de dúvidas, que Anna Carolina realmente foi responsável pelas agressões a Isabella antes da morte da garota.

“Uma simples contestação. O Alexandre Nardoni, ele rói as unhas até o talo. Em compensação, a Anna possuía as unhas de comprimento normal. Não precisa ser unhas longas não, pra produzir isso (as marcas encontradas no corpo de Isabella)”, explica a perita Rosângela Monteiro, também consultada pelo documentário.

Você já pode assistir Isabella: Caso Nardoni na netflix.

Etiquetas
Siguiente

Deja tu comentario