<
>

Tom Hanks detona trilogia de O Código da Vinci


A trilogia de filmes de O Código Da Vinci é muito popular, tal como os livros de suspense e mistério do autor Dan Brown no qual se baseiam.

Os três longas foram grandes sucessos de bilheteria, com um total de quase US$ 1,5 bilhão arrecadado pela franquia. Nas críticas, as avaliações foram mistas entre críticos e fãs, e um dos famosos que não gosta da saga é o ator Tom Hanks, que estrelou o projeto.

Continua depois da publicidade

Em uma entrevista recente ao The New York Times, Hanks falou sobre os filmes de Robert Langdon, afirmando que acha que a trilogia é sem sentido, feita apenas para arrecadar dinheiro.

“Oh, Deus, isso foi um empreendimento comercial. Sim, essas sequências de Robert Langdon são sem sentido. O Código Da Vinci foi sem sentido. […] Tudo o que estávamos fazendo era prometer uma diversão. Não há nada de errado com um bom [filme] comercial, desde que seja um bom [filme] comercial. Quando fizemos o terceiro, provamos que não era um [filme] comercial tão bom.”

DEBES LEER:   78 películas y programas de televisión que dejarán Netflix Reino Unido en febrero de 2023

O Código da Vinci virou série

Em O Código da Vinci, vimos o simbologista e professor Robert Langdon se envolver na investigação de um assassinato e descobrir segredos que podem comprometer até o cristianismo.

Na nova série baseada na franquia, O Símbolo Perdido de Dan Brown (The Lost Symbol), Tom Hanks não retorna, mas o personagem dele, Robert Langdon, volta à cena sendo interpretado por Ashley Zukerman.

Sinopse: Robert Langdon, um famoso simbologista de Harvard, precisa desvendar uma série de enigmas mortais para salvar seu mentor e prevenir uma conspiração global.

O Símbolo Perdido de Dan Brown está disponível no Globoplay.

Etiquetas
Siguiente

Deja tu comentario